sábado, 5 de julho de 2008




ESTADO DE GRAÇA


Como é gratificante viver! É maravilhoso receber a vida, a demonstração Divina do Amor, a Unidade Manifesta. O Amor Essência, o alimento e o propósito de tudo, sentimento sublime que significa simplesmente DOAÇÃO.

Estamos aqui no planeta Terra para aprendermos a SER O PRÓPRIO AMOR, compartilhando a nossa essência com os outros, independente de raça, formação, crenças ou nível de evolução. Precisamos aprender a somar as diferenças, multiplicando assim, forças para vencermos o nosso maior inimigo, o egoísmo. Viemos aqui para resgatarmos a nossa verdadeira identidade divina e assumirmos o nosso verdadeiro papel de co-criadores, irradiando sempre amor, paz, luz e harmonia. Resumindo, precisamos aprender a SER FELIZES e a COMPARTILHAR isso com os outros.

Infelizmente a maioria dos seres humanos não sabe disso e anda “preocupado” demais com questões mundanas, contas a pagar, pessoas a conquistar, ou até mesmo (que tristeza!) maquinando como derrubar o outro e assumir o seu lugar, não é mesmo? 

Às vezes é desalentador observar como as pessoas estão iludidas com as mentiras do sistema e se deixam levar por idéias competitivas e destrutivas, ferindo os outros e, como a lei de retorno não falha, a si mesmas. Estão totalmente presas aos nós cegos que deram e não tem nem idéia de como sair deles, e, devido à ignorância espiritual, nem têm vontade para tal fim. Vivem a inconsciência do Eu e sofrem pelo afastamento da Luz, mas sempre esperam que a solução venha de fora e as tire do inferno criado por elas mesmas.Têm uma dificuldade enorme em enxergar a vida como uma dádiva, pois a vêem como uma grande arena, cheia de monstros bizarros e indestrutíveis, loucos para devorá-los. Estão sempre acusando a Deus, aos outros, e também as circunstâncias de serem os criadores desses monstros sem saber que na verdade são os seus próprios genitores.

Estão sempre se lamuriando, dizendo que não agüentam mais tanta pressão, que fulano fez isso e cicrano fez aquilo, que são vítimas “pobrezinhas”, sem defesa e sem saída desta “desafortunada vida”. Outros ainda são completamente alienados e vivem inconscientemente sob o domínio da droga do consumismo se esquecendo da sua origem simples, mas DIVINA, e seguem entorpecidos como zumbis, cegos para a Luz. Esquecem que são portadores de bênçãos a serem vivificadas apenas através do compartilhar, que a felicidade advém somente do exercício do Amor e que para fazer isso não é necessário possuir bens materiais e nem posição social.

Tudo seria bem mais simples se essas pessoas se abrissem para a Abundância Divina e sentissem a Graça jorrando sobre as suas cabeças, concedendo a cada instante das suas existências oportunidades de crescimento. Creiam, somos todos abençoados filhos da LUZ! A VIDA EM SI É UMA GRANDE BENÇÃO! Nada pode ser mais reconfortante do que descobrir qual é o nosso dom e exercê-lo, oferecendo-o ao próximo; isso realiza a alma. Não é só a Natureza que é deslumbrante, mas o SER HUMANO também!

Acredite nada é mais gratificante do que o despertar para a LUZ, decifrar os nossos próprios mistérios e conscientizarmo-nos do nosso próprio Eu. Então, diante disso sorria e junto comigo dê graças a VIDA!

Namastê,



Márian