quinta-feira, 23 de outubro de 2008



TRANSIÇÃO PLANETÁRIA E O ÍNICIO DE UMA NOVA ERA

Há muito tempo a humanidade vem sendo preparada para este momento, recebendo informações da espiritualidade e dos nossos irmãos interdimensionais, no sentido de nos aprofundarmos nas nossas questões mais sombrias com coragem e determinação para que, quando chegasse a hora, pudéssemos nos elevar junto com a terra para uma nova dimensão.


Essa transformação já está acontecendo e as pessoas mais sensíveis já estão percebendo uma aceleração nas suas vibrações, também sentem inexplicavelmente que alguma coisa está para acontecer e o tempo parece “voar”.

Já observaram quando uma tempestade se aproxima, os animais ficam em alvoroço e instintivamente procuram abrigo? Nós também temos essa percepção e sempre que algo está prestes a acontecer conosco, um alerta soa dentro de nós nos colocando de prontidão, prontos para agir.

Ação não só física, mas espiritual também. Diante de uma transição planetária tão importante, o nosso SER INTERNO sabe que precisamos mudar, que precisamos nos aprimorar como seres humanos e nos elevarmos espiritualmente. Ele sabe que a sua missão terrestre precisa ser cumprida e luta para levar adiante o seu propósito de religar-se conscientemente à LUZ, de ser o AMOR VIVIFICADO em todos os instantes da sua existência e de SERVIR aos seus irmãos sem limites. Portanto, diante desta mudança iminente, o nosso SER atrai para si todas as questões pendentes, pois ele não deseja perder essa grande oportunidade, ele não quer deixar prá depois, porque o depois será uma repetição de nível, de aprendizado. Ele sabe que não adianta construir uma casa longe da cidade e continuar cultivando apegos emocionais e materiais, ele sabe que é preciso ter coragem e deixar prá trás todos os cacoetes egoístas, mergulhando profundamente dentro de si e encarando as suas sombras de frente.

Durante este período que antecede o ápice da mudança, tudo aquilo que precisa ser transmutado, lapidado e jogado fora, vai estar diante de nós com intensidade, mexendo conosco, provocando o nosso ego. Sem dúvida, uma oportunidade e tanto de reconhecê-lo, aceitá-lo e transmutá-lo, e mais do que nunca precisaremos estar centrados, conscientes do nosso EU, meditando e orando.

É interessante procurar outras almas que têm o mesmo objetivo, pois além de ser enriquecedor, isso funciona também como um acelerador, ativando as áreas internas mais carentes e que precisam urgentemente ser modificadas. Sabemos que o nosso ego é estimulado no convívio com outras pessoas, por isso é importante mantermos sempre esse contato para que enxerguemos as suas artimanhas e nos libertemos das suas amarras. Fora isso, dar as mãos e caminhar juntos, uns ajudando os outros é sem dúvida muito reconfortante.

Em relação às catástrofes, todos serão avisados com antecedência e poderão ou não seguir para locais seguros, depende do propósito ao qual se comprometeram. É necessário compreender que preservar a vida física é muito importante para que o processo evolutivo da humanidade continue, pois a alma só se liberta através da experiência na matéria.

O tempo urge e não podemos deixar escapar essa ocasião tão magnífica. Portanto, peçamos ajuda ao alto, peçamos luz à Sabedoria Divina e oremos. Oremos com humildade não só por nós mesmos, mas por toda a humanidade para que de uma vez por todas nos libertemos do medo e da ignorância, que possamos conhecer a VERDADE em toda a sua plenitude e exercê-la.

Relembremos tudo o que recebemos como orientação sempre com a mente livre e o coração aberto. Lembremos continuamente da nossa ligação com o Todo, da nossa capacidade imensa de criar, transmutar e perdoar. Procuremos manter a serenidade em todos os momentos, mesmo nos mais difíceis (daqui prá frente eles vão ser muitos). Irradiemos amor e compreensão a toda a criação, ajudando o PLANO DIVINO a ser restabelecido na Terra dando início assim a uma era de PAZ e de UNIÃO, onde o AMOR será seu regente maior.

Namastê!

Márian



CRISE FINANCEIRA - QUAL É O VALOR DO DINHEIRO?


Vimos, nos últimos dias, um verdadeiro caos no sistema financeiro mundial. Bancos falindo, queda nas bolsas do mundo inteiro e uma total falta de perspectiva sobre o futuro dos mercados. Presenciamos os governos das grandes economias criarem planos de ajuda baseados em dinheiro sem lastro e que não transmitem confiança, pois todos já sabem que aqueles que comandam e dirigem as instituições financeiras é que serão os verdadeiros beneficiados.

Bem, este caos já era previsto não só pela espiritualidade, mas também por alguns cientistas econômicos. Como todos sabem, estamos vivendo um período de transformação e isso inclui não só a restituição dos verdadeiros valores, mas também a queda de um sistema no qual a ilusão na matéria e no poder monetário sobrepujou os mais fracos, alargando a linha divisória entre a riqueza e a pobreza, aumentando a desigualdade humana em todos os sentidos.

Talvez furacões e tsunamis sejam catástrofes menores diante da fome e da miséria, reflexos tristes do egoísmo e da negligência humana. A falta de compaixão e de companheirismo entre nós gerou um sistema no qual reinam o conflito e a competitividade, onde a desculpa pela sobrevivência nos fez esquecer que somos todos irmãos. Isso gerou um karma que só será dissolvido quando entendermos qual é o verdadeiro valor do dinheiro, baseado em quê ele foi criado, o que ele simboliza, qual é sua função e seu objetivo.

Se formos pesquisar na história, o dinheiro foi criado para facilitar o sistema de trocas que era baseado na necessidade de cada um. Mas, os seres humanos egoístas viram nele um instrumento para alcançar o poder e também descobriram que ele podia ser multiplicado não pelo esforço, mas pela especulação. Começaram a emprestar e vender dinheiro, cobrando juros em cima de juros, torcendo para que os seus devedores ficassem com dificuldades para quitar suas dívidas e assim pudessem tomar seus bens, expandindo ainda mais suas riquezas. Enfim, se enriqueceram à custa da ingenuidade e miséria alheias.

Movidos por esses sentimentos fizeram guerras, tomaram terras, fizeram escravos, entupiram seus cofres de ouro e de prata, sempre querendo mais, muito mais até que chegaram nesta situação, sufocados por sua ganância sem limites. Cegos pela cobiça não perceberam que estavam caindo no abismo. Bem, agora é tarde, nenhum plano de ajuda dará fim a essa crise financeira e esse sistema finalmente sucumbirá. O dinheiro deveria circular, deveria ser compartilhado assim como toda energia, mas alguns quiseram retê-lo somente prá si e isso gerou o apodrecimento da humanidade.

Seus fiéis seguidores acreditaram tanto no seu poder que se esqueceram de quem realmente são; viraram zumbis que, transtornados, pensam ser os bens que possuem e que, se os perderem, deixarão de existir. Parece loucura, não? E É. Eles estão perdidos e desesperados por ainda não perceberem a espiritualidade como causa e objetivo de tudo o que existe; ainda estão apegados à matéria e aos prazeres ilusórios ligados a ela. Até mesmo pessoas bem intencionadas e que se dizem espiritualizadas se deixam levar pelos caminhos enganosos da matéria e tentam justificar seus ganhos, às vezes exorbitantes, dizendo que o dinheiro é criação divina.

Para acessar um novo nível de consciência a humanidade vai precisar sair desse abismo conscientizando-se de que todos nós precisamos uns dos outros e de que ninguém é melhor do que ninguém; que os bens materiais e o poder mundano não trazem felicidade e que apenas o SERVIR INCONDICIONALMENTE pode realizar o SER.

O ser humano vai precisar aprender a se conectar com a abundância e a bem aventurança divina, se abrindo para receber as graças da Luz, vivendo cada instante da vida como uma dádiva! Vai precisar aprender a doar sem limites, compartilhando com seu irmão e irmã sem restrições e sem pensar no dia de amanhã; só assim poderemos criar um novo sistema baseado na fraternidade e igualdade, onde todos tenham as mesmas oportunidades e o seu valor como ser humano reconhecido, independentemente de raça ou qualquer outro mérito mundano.

Uma nova Humanidade, uma nova Terra.

No Amor e na Luz,


Márian

sexta-feira, 17 de outubro de 2008


REALIDADE - VOCÊ QUER MESMO ENXERGÁ-LA?


Como poderemos enxergar a REALIDADE se estamos totalmente cegos por essa "falsa realidade” que foi incutida em nossas mentes durante toda a nossa vida?


Enquanto estivermos cegos por preconceitos, crenças e principalmente pelo medo não conseguiremos ver os contornos suaves e amorosos da REALIDADE. Enquanto estivermos cegos pelo ódio, pela inveja, pelo ciúme e pela ignorância espiritual não poderemos perceber a paisagem divina que nos rodeia.


A humanidade atualmente está tão acostumada com cenas de violência, terrorismo, roubo, traição, desunião, que quando lhe dão a oportunidade de enxergar a paz, a beleza e a alegria, ela se assusta e se nega a manter o olhar firme nessa direção. Vira o rosto e diz: isso é mentira, eu não acredito, é impossível isso acontecer, e permanece assim, cega...


Será que é tão difícil se abrir para novas possibilidades? Vocês já devem ter ouvido o ditado: “Pior cego é aquele que não quer ver, não é mesmo? É preciso se desapegar da mente racional e escutar somente o coração, a intuição; é preciso ter a mente livre e o coração aberto para o novo, o inusitado.


A história da humanidade em breve deve ser reescrita, pois ela é bem diferente daquela que aprendemos nos livros da escola. Novos fatos virão à tona, retirando os véus que encobrem a nossa verdadeira origem. A ciência está muito próxima de encontrar as respostas que busca há tanto tempo, e talvez essas descobertas não sejam tão surpreendentes, pois há muito os cientistas desconfiam do óbvio: NÃO ESTAMOS SÓS NO UNIVERSO!


A REALIDADE é bem mais ampla do que os nossos olhos físicos podem ver, existem outras dimensões e também seres que as habitam. Basta pesquisar na mídia e na internet para encontrar relatos, testemunhos, fotos, vídeos e mais vídeos comprovando a existência dos nossos irmãos extraterrestres.


Muitos dizem acreditar na sua existência, mas mesmo assim têm medo desta constatação, pois isso mudaria tudo, as suas crenças e os seus conceitos. O que é até compreensível, pois durante muito tempo ouviram dizer que eles são os únicos seres no universo e também foram levados a acreditar sem questionar em alguns dogmas religiosos que acabaram limitando-os. Dizem também que os ets são maus, que eles abduzem as pessoas, que são verdes ou cinzentos, répteis, que eles querem nos invadir, dominar, etc, etc, etc.


É claro que a criação é infinitamente diversa, mas os seres que habitam os orbes próximos ao nosso, são parecidos conosco e não são nada parecidos com os desenhos de répteis que estão espalhados pela internet. Eles também não comem carne humana; aliás, isso me lembra o mesmo discurso que a Igreja e o “sistema” usavam para descrever os comunistas há algumas décadas atrás.


Somos protegidos pelos seres de Luz, que cuidam sempre de afastar qualquer tipo de dominação negativa sobre nós, ou seja, cuidam para que seres mau intencionados se aproximem. Se isso acontece, e pode acontecer, é porque a força de atração exercida por seres humanos que ainda se alimentam de sentimentos com vibrações mais baixas é extremamente forte e a lei da ação e reação atua para que a harmonia prevaleça e todos tenham a sua chance de evoluir, mesmo que seja através do abismo. (esclarecimentos em artigo posterior).


Bem, o que eu quero salientar aqui, é que está mais do que na hora de acordar e abrir os olhos para uma nova REALIDADE. Nossos irmãos extraterrestres e intraterrestres estão aqui faz tempo, nos ajudando a encontrar o caminho de volta prá casa, ou seja, de volta prá Luz. Eles sempre estiveram presentes durante a nossa jornada terrestre e são merecedores da nossa confiança e amor. São nossos irmãos mais velhos, mais experientes, que caminham ao nosso lado, sem exigir nada em troca, apenas nos orientando para que façamos as nossas próprias escolhas. Eles não desejam ser idolatrados e não nos dão ordens para serem seguidas. Todo o seu trabalho é baseado nos princípios universais, e tem como único objetivo libertar o ser humano do medo e da ignorância, através do despertar da Luz que existe dentro de cada um de nós.


O mundo está mudando aceleradamente, as transformações em todos os níveis já estão aí, às portas. Apesar de muitos ainda dormirem, um grande número de pessoas já consegue vislumbrar a Luz e espera ansiosamente pelo renascer da humanidade. Este é um novo começo de uma era de paz e de união, de reintegração ao Todo em consciência, onde poderemos conviver em harmonia com todas as outras humanidades, somando as diferenças, aprendendo uns com os outros com igualdade e fraternidade.


Portanto, siga o seu coração sem medo, acredite naquilo que sente e deixe que a LUZ preencha o vazio criado pela dúvida e pela sombra. O seu EU MAIOR não se engana nunca, consulte-o sempre e não aceite mais ser dirigido pelo medo imposto pelo sistema que tenta encobrir a verdade a qualquer custo. Você nunca vai deixar de ser você mesmo se seguir a VERDADE que existe dentro de você. Você só poderá enxergar a REALIDADE se aceitar o NOVO como parte do futuro, e isso está muito próximo.


No Amor e na Luz!
Márian