quinta-feira, 23 de outubro de 2008



TRANSIÇÃO PLANETÁRIA E O ÍNICIO DE UMA NOVA ERA

Há muito tempo a humanidade vem sendo preparada para este momento, recebendo informações da espiritualidade e dos nossos irmãos interdimensionais, no sentido de nos aprofundarmos nas nossas questões mais sombrias com coragem e determinação para que, quando chegasse a hora, pudéssemos nos elevar junto com a terra para uma nova dimensão.


Essa transformação já está acontecendo e as pessoas mais sensíveis já estão percebendo uma aceleração nas suas vibrações, também sentem inexplicavelmente que alguma coisa está para acontecer e o tempo parece “voar”.

Já observaram quando uma tempestade se aproxima, os animais ficam em alvoroço e instintivamente procuram abrigo? Nós também temos essa percepção e sempre que algo está prestes a acontecer conosco, um alerta soa dentro de nós nos colocando de prontidão, prontos para agir.

Ação não só física, mas espiritual também. Diante de uma transição planetária tão importante, o nosso SER INTERNO sabe que precisamos mudar, que precisamos nos aprimorar como seres humanos e nos elevarmos espiritualmente. Ele sabe que a sua missão terrestre precisa ser cumprida e luta para levar adiante o seu propósito de religar-se conscientemente à LUZ, de ser o AMOR VIVIFICADO em todos os instantes da sua existência e de SERVIR aos seus irmãos sem limites. Portanto, diante desta mudança iminente, o nosso SER atrai para si todas as questões pendentes, pois ele não deseja perder essa grande oportunidade, ele não quer deixar prá depois, porque o depois será uma repetição de nível, de aprendizado. Ele sabe que não adianta construir uma casa longe da cidade e continuar cultivando apegos emocionais e materiais, ele sabe que é preciso ter coragem e deixar prá trás todos os cacoetes egoístas, mergulhando profundamente dentro de si e encarando as suas sombras de frente.

Durante este período que antecede o ápice da mudança, tudo aquilo que precisa ser transmutado, lapidado e jogado fora, vai estar diante de nós com intensidade, mexendo conosco, provocando o nosso ego. Sem dúvida, uma oportunidade e tanto de reconhecê-lo, aceitá-lo e transmutá-lo, e mais do que nunca precisaremos estar centrados, conscientes do nosso EU, meditando e orando.

É interessante procurar outras almas que têm o mesmo objetivo, pois além de ser enriquecedor, isso funciona também como um acelerador, ativando as áreas internas mais carentes e que precisam urgentemente ser modificadas. Sabemos que o nosso ego é estimulado no convívio com outras pessoas, por isso é importante mantermos sempre esse contato para que enxerguemos as suas artimanhas e nos libertemos das suas amarras. Fora isso, dar as mãos e caminhar juntos, uns ajudando os outros é sem dúvida muito reconfortante.

Em relação às catástrofes, todos serão avisados com antecedência e poderão ou não seguir para locais seguros, depende do propósito ao qual se comprometeram. É necessário compreender que preservar a vida física é muito importante para que o processo evolutivo da humanidade continue, pois a alma só se liberta através da experiência na matéria.

O tempo urge e não podemos deixar escapar essa ocasião tão magnífica. Portanto, peçamos ajuda ao alto, peçamos luz à Sabedoria Divina e oremos. Oremos com humildade não só por nós mesmos, mas por toda a humanidade para que de uma vez por todas nos libertemos do medo e da ignorância, que possamos conhecer a VERDADE em toda a sua plenitude e exercê-la.

Relembremos tudo o que recebemos como orientação sempre com a mente livre e o coração aberto. Lembremos continuamente da nossa ligação com o Todo, da nossa capacidade imensa de criar, transmutar e perdoar. Procuremos manter a serenidade em todos os momentos, mesmo nos mais difíceis (daqui prá frente eles vão ser muitos). Irradiemos amor e compreensão a toda a criação, ajudando o PLANO DIVINO a ser restabelecido na Terra dando início assim a uma era de PAZ e de UNIÃO, onde o AMOR será seu regente maior.

Namastê!

Márian