segunda-feira, 14 de novembro de 2011



ESPANTE O SOFRIMENTO, A VIDA É UMA BENÇÃO!

Temos visto muitas pessoas dizendo que a vida delas é dura, que o sofrimento é constante e a Terra é um mundo de expiação, uma verdadeira armadilha da qual não se pode fugir. Essas pessoas também se dizem oprimidas e que o karma que carregam é terrível e praticamente sem solução. Elas veem o mundo com desalento e sem nenhuma perspectiva de melhora, e mesmo que a mídia mostre coisas boas, elas só conseguem ver as notícias de desarmonia política e social, doenças, violência, pobreza e fome levando-as assim a um total descrédito em relação à vida.

Infelizmente elas só conseguem ver o lado escuro da “Força” e ainda não enxergam a Luz que existe na essência de todas as coisas existentes, não conseguem perceber o lado positivo e as lições de Luz que as dificuldades apresentam para elas. Elas não sabem que tudo tem uma única razão de ser e um único propósito que é a evolução através do aprendizado do Amor.  

O que essas pessoas também ainda não sabem, é que elas podem terminar com o esse “sofrimento” sem fim. Acha impossível? Não, não é, mas para que isso aconteça primeiro é necessário reconhecer a sua própria Luz e a sua capacidade de ultrapassar barreiras. Depois é preciso entender que toda dor é causada por algum tipo de apego. Pode ser o apego aos desejos, aos sentimentos ou às emoções. Apego ao controle e ao poder, apego aos prazeres e até mesmo apego ao próprio sofrimento. Na verdade o sofrimento é o resultado do domínio do Ego sobre a pessoa.

Na maioria das vezes as pessoas se apegam à ilusão daquilo que gostariam de ser e desconhecem o verdadeiro ser que elas são, e que na sua essência é simples e verdadeiro. Elas se deixam contaminar por sentimentos de cobiça, inveja, orgulho, egoísmo e medo se envenenando com energias de baixa vibração.  Elas talvez esperem ser alguém importante, rico, belo e carismático iludidos pela ideia de que isso é o que vai lhes trazer felicidade. Elas também sentem medo de tudo, medo da não realização dos seus sonhos e desejos, medo da morte, medo da separação, medo de serem assaltadas, medo de espíritos negativos, medo de viver e de experimentar o novo, medo de se envolver, medo de amar e até medo de ser feliz...


Elas não se conhecem e nem compreendem que antes de mais nada, elas são consciência, consciência em um corpo físico que mesmo depois da morte continuará a sua caminhada em outros corpos ou não, continuando a caminhar sempre, eternamente....


Elas estão completamente anestesiadas e iludidas pelas emoções, pelos sentimentos e pelas sensações. Estão cegas para a verdadeira imagem de si mesmas. Isso gera apego e como consequência disso o sofrimento, e mesmo quando a pessoa alcança algum desses objetivos virtuais, ela continua a sofrer, pois na verdade a sua essência busca um outro objetivo, ela busca ser Luz e a Luz não é emoção, nem é sensação.

Para acabar com o sofrimento precisamos nos desapegar da ilusão que o Ego nos impõe. Precisamos apenas ser o reflexo da nossa essência divina, buscando na simplicidade e na verdade o modo correto de viver. Precisamos deixar ir ideias errôneas sobre quem somos e o que pretendemos ser. Precisamos deixar ir o desejo de estar sempre no controle e nos entregarmos à vida de corpo e alma, nos deixando envolver pelas circunstâncias sem perdermos o nosso centro.

Concluindo, se nos libertarmos do Ego não sofreremos mais. Na verdade a pessoa que se liberta do ego passa ver e a sentir o sofrimento de uma outra forma. Ela não sofre como a maioria, mas é abnegada e vê o sofrimento como uma Redenção. Ela não sente mais dor, mas o êxtase da União Sagrada. Com a Redenção o sofrimento termina.

Neste instante, vocês podem estar se perguntando como encontrar forças e clareza para discernir e encontrar a solução para tudo isso. Bem, a resposta está na meditação, a sua prática constante é a chave para nos enxergamos com nitidez e sem ilusões, mantendo sempre o nosso centro amoroso, sereno, pacífico e feliz.

Amor sempre Amor,

Márian