quinta-feira, 22 de dezembro de 2011


NATAL DO MENINO LUZ

Em dezembro podemos perceber um certo rebuliço no ar...
Pessoas correndo prá lá e prá cá...
dizendo que o tempo parece voar...
Na mente, muitas coisas a fazer...
E no coração, uma alegria a se debater...
Mas bem lá fundo nós sabemos o porquê,
pois desde bem pequeninos ouvimos contar a história de um belo menino...
Que nasceu bem pobrezinho...
Um menino estrela que veio para sempre brilhar iluminando o nosso caminho...
O menino Paz,
O menino Amor,
O menino Luz, Jesus...

Jesus, a estrela anunciada, brilha nos nossos corações há mais de dois mil anos.

Este menino que um dia se tornou homem tinha um sonho, o sonho de despertar a humanidade para o milagre da VIDA. Ele queria nos mostrar que a felicidade está bem mais perto do que possamos imaginar. Ele veio nos dizer que somos deuses, senhores das nossas escolhas e capazes de nos libertar dos grilhões da ignorância. E Ele nos trouxe a chave para isso, Ele veio nos mostrar como AMAR, e terminou a sua missão de uma forma inusitada, doando a sua própria vida para que as suas palavras de VERDADE permanecessem fluindo pelo eterno através do vento do espírito, penetrando nos corações de todos os buscadores da Luz.

Ele nos revelou que o AMOR é exercido sempre com compaixão, misericórdia e verdade. Ele deu o exemplo disso convivendo com pessoas de todos os tipos e tratando a todos com igualdade e compreensão.

Jesus era doce, mas firme, Ele mostrava a direção a seguir sem querer convencer a ninguém. A sua presença marcante e suave bastava para modificar a vibração de tudo ao seu redor. A VERDADE era a sua arma diante dos hipócritas, Ele não media as palavras para mostrar a sua indignação diante da mentira, da covardia e da injustiça. Ao mesmo tempo nos mostrou que perdoar e entregar o outro lado da face é a forma mais sublime de render o espírito.

Na realidade Ele era um ser humano como cada um de nós, mas com algo incomum à maioria: ele não tinha nenhuma dúvida sobre a sua origem, ele sabia e acreditava, tinha a fé inabalável de que Deus e Ele eram UM SÓ.

Este SER iluminado pela Luz astral é meu Mestre desde quando eu era criança, mas foi durante a minha adolescência, que eu pude conhecê-lo melhor. Foi nesta época que conheci os evangelhos e eles me revelaram Jesus o filho do homem. Então eu me encantei por Ele, pelas suas palavras, pelo seu Ser. Eu conheci um homem íntegro e altruísta, compassivo e tolerante, humilde mas senhor da sua divindade. Um irmão, um amigo, um Mestre.

Então, mesmo decepcionada ao ver que a maioria das pessoas estava indo na direção contrária à sua declaração de AMOR e que o mundo estava cheio de egoísmo, inveja, competição, preconceitos, guerras, miséria e fome, eu ainda tinha a expectativa de ver a grande mudança falada por Ele acontecer.

Jesus já falava sobre isso no seu tempo, e encheu os nossos corações de esperança ao dizer que ainda veríamos um mundo de paz e união se nos amássemos uns aos outros verdadeiramente. Ele afirmou que quando o Espírito de Verdade viesse até nós conheceríamos a VERDADE, o AMOR sublime. Uma vez Ele disse: Levantem os olhos e vejam os campos, pois estão brancos e prontos para a colheita!

Sabemos que os tempos são chegados, a hora chegou, a mudança está às portas!

Por isso, quando os sinos tocam anunciando o Natal, sentimos toda a esperança do mundo gritar dentro de nós.  É tempo de Amar, compartilhar, cantar aos quatro ventos que Jesus nasceu e para sempre estará nos nossos corações brindando a Vida, nos agraciando com as suas palavras de Amor e liberdade!

Vinde linda criança!
És o Mestre dos Mestres!
Obrigada por nos agraciar com a sua Luz!
Vinde menino Jesus!

Márian