domingo, 6 de maio de 2012




FESTIVAL DE WESAK

A Lua Cheia esta noite, está mais brilhante do que todas as estrelas do céu.
Hoje é celebrado o Festival de Wesak que assinala o momento de uma grande benção ao Mundo. Ele dura cinco dias, sendo que os dois dias que precedem a Lua cheia são dedicados à renúncia e ao desapego, e os dois dias seguintes são destinados à distribuição da energia ancorada durante a cerimônia.
A palavra WESAK origina-se do Sânscrito e quer dizer MAIO, mas na realidade o Festival de Wesak é comemorado anualmente no momento da lua cheia de Touro quando é transmitida a Terra as bênçãos de Deus por intermédio de Buda e do Cristo Maitreya. É um festival mundial, onde pessoas de todas as partes do planeta recebem a emanação de forças divinas do Buda Cósmico, como uma espécie de incentivo e impulso espiritual para o seu Despertar Superior.
A liberação dessas energias de luz afetam poderosamente a humanidade, estimulando o espírito de Amor, Fraternidade e de Boa Vontade na Terra.
Ao lado deste acontecimento espiritual interno, é realizada uma cerimônia externa num vale no Tibet, aos pés do Himalaia.
Lá, todos esperam pelo Cristo Maitreya e por Buda. Estes grandes filhos de Deus concentram dois aspectos divinos. Através de Buda flui a Sabedoria de Deus, e do Cristo Maitreya flui o Amor de Deus.
Este é o momento mais sagrado do ano, quando a divindade e a humanidade entram em profundo contato vitalizando a aspiração de todo o Cosmos e da Evolução, estimulando todos os esforços que promovem a harmonia planetária e universal.
Ano após ano, Buda e seu irmão, o Cristo Maitreya, trabalham em estreita colaboração para o benefício espiritual de toda a humanidade, derramando sobre nós, Luz, Amor e Boa vontade.
Discípulos, iniciados, Homens, mulheres de boa vontade de todos os lugares podem ser estimulados espiritualmente, atingindo assim uma grande expansão de consciência.
Como disse o Mestre Djwhal Khul
“Nenhum preço que nos é exigido será demasiado elevado para ser útil à Hierarquia no momento da Lua Cheia de Touro no Festival de Wesak. Nenhum preço é demasiado elevado para se obter a iluminação espiritual particularmente possível neste momento.”  
Depois desta pequena explicação vamos Iniciar a nossa meditação.
Vamos primeiramente recitar o mantra da alma deixado pelo Mestre Djwal Khul para a nossa sintonização com a Vontade Divina:
Repitam comigo:

EU SOU A ALMA
EU SOU A LUZ DIVINA
EU SOU AMOR
EU SOU VONTADE
EU SOU O FIRME PROPÓSITO

EU SOU A MÔNADA
EU SOU A LUZ DIVINA
EU SOU AMOR
EU SOU VONTADE
EU SOU O FIRME PROPÓSITO

Agora vamos limpar e alinhar o nosso ser para prepará-lo para a cerimônia. A purificação é um dos passos para a realização do grande trabalho cósmico que irá ser realizado durante este festival de Wesak.
Fechem os olhos e coloquem-se em uma posição confortável, mas mantendo a coluna ereta. Movam os ombros e a nuca, liberando todas as suas tensões.
Procurem apoiar os pés no chão, colocando as mãos sobre os joelhos.
Respirem profundamente e suavemente, inspirando e expirando apenas pelas narinas. Sintam o ar entrar e sair dos pulmões...
Procurem soltar e relaxar toda a musculatura do corpo.
Sintam o relaxamento que a respiração tranqüila lhes traz...
Inspirem e visualizem glóbulos de Luz dourada junto com o ar que respiram;
Retenham o ar e levem essa Luz até o coração...
Agora expirem, e visualizem que o chakra coronário, no alto da cabeça, derrama em todos os seus corpos sutis e corpo físico uma Luz dourada como se fosse um grande chuveiro de Luz.
Inspirem novamente a luz dourada e ao reterem, visualizem seus corpos sutis se expandindo.
Visualizem esta Luz despertando o núcleo de todas as células do seu corpo físico. Imaginem que o núcleo dessas células se transforma em pequenas faíscas de Luz. Visualizem todos os órgãos do seu corpo, seus ossos e seu sangue, todos os núcleos de células que os compõem, se transformando em Luz. Imaginem que essa Luz toma conta de cada célula e vai queimando todas as impurezas.
Se vocês sofrem de alguma debilidade física imaginem que neste instante as faíscas de Luz das células realizam um processo curativo e que todos os seus órgãos estão curados e energizados.
Agora visualizem o seu corpo etérico, ele é constituído por uma série de linhas de energia, que constituem uma trama de Luz e energia não só exterior, mas que está também conectada ao seu corpo físico e o transpassa em todas as direções.
Visualizem uma corrente de Luz que circula por toda essa rede de energia, purificando-a e iluminando-a. Veja a Luz passando por essa rede como se fosse um líquido atravessando vários tubos, levando embora as impurezas e dissolvendo todos os bloqueios energéticos.
Visualizem agora o seu corpo emocional, onde ficam guardados todos os registros das emoções, as recordações de situações da vida e dos seus relacionamentos. Visualizem a Luz limpando rodas as situações que lhe trouxeram algum tipo de emoção negativa, seja o medo, a raiva, a angústia ou a tristeza. Perdoe então todas essas situações e pessoas que estavam envolvidas. 
Visualizem agora o seu coração repleto de Luz rosa, se sobressaindo da Luz dourada que envolve todo o seu corpo físico. Imaginem que essa Luz rosa é apenas Amor.
Envie esse amor, primeiramente a você mesmo, se amando e se reconhecendo como parte do todo que é Puro Amor, enviem esse amor aos seus semelhantes.
Visualizem agora seu corpo mental. O instrumento desse corpo é o cérebro. Imaginem que ele é transpassado pela Luz dourada e que dentro dessa Luz, as águas da pureza divina o lavam, desconectando-o de tudo que é mundano. Vejam-no se desligando das consciências das massas. Vejam-no liberto da influência das formas-pensamentos negativas e peçam a ele que só veja a PERFEIÇÃO.
Peça também a libertação da vaidade.
Percebam-se agora um ser completo, íntegro, unificado em seus corpos - físico, etérico, emocional e mental - em uma única sintonia de Luz. Permitam-se sentir um bem estar interno, uma vibração de alegria e liberdade. Imaginem-se como um ser que voa dentro da Luz. Imagine que você é a própria Luz.
Continuem respirando e expandam a Luz formando uma aura dourada de cerca de três metros, com o seu corpo físico no epicentro. Sintam e visualizem a sua aura se fundindo com a aura dos seus companheiros formando uma grande esfera de Luz.
Entendam que nessa meditação não há espaço para a separatividade.
Agora imaginem diversas linhas de energia emanando do nosso grupo e conectando-se com outros grupos semelhantes espalhados por toda a face da Terra. Visualizem a Terra repleta de grupos dourados e que as suas linhas de energia vão se interligando, formando uma grande rede de Luz.
Vamos visualizar então as montanhas do Himalaia ao longe. São montanhas altas e com os picos cobertos de neve. Elas brilham à Luz da lua cheia.
Sentimos ao nosso lado, a presença de todos os nossos irmãos de serviço, todos os aspirantes da Paz e da Luz.  Olhamos ao redor e percebemos uma trilha iluminada pela Lua. Dirigimo-nos então a esta trilha e caminhamos um ao lado do outro em silêncio absorvidos pelo propósito divino de captar e irradiar a Luz. Seguimos calmamente pela trilha sentindo toda a energia do lugar e também da união estabelecida entre nós.
Alcançamos um lugar mais alto e de lá enxergamos o vale. Um lindo vale, que iluminado pela lua, parece todo feito de prata. Descemos até lá e nos colocamos em círculo, um grande círculo formado por milhares de almas reunidas em prol do Amor. Em constante silêncio e receptividade aguardamos pelo início do ritual.
Sintam profundamente a presença do seu EU superior. Sintam-se dentro de um campo de Luz, de amor e de poder espiritual. Sintam a alma de vocês fundirem-se à alma deste grande grupo de almas.
Visualizem a alma do grupo fundindo-se com a alma da humanidade. Percebam que não há mais só “eu e você”, mas sim um grande campo de Luz viva e pulsante... Somos Todos Um...
Na presença desse grande campo de Luz, sintam a presença dos Mestres e de toda a Hierarquia Espiritual do planeta. Os Mestres se encontram em um círculo menor no centro do vale. Sintam a sua presença e sintonizem-se com a energia do Senhor Buda e do Cristo Maitreya.
Mantenham-se em total estado de receptividade.


Imaginem, com grande reverência, que surge em meio aos Grandes Mestres de Luz presentes, o Cristo, o Senhor Maitreya. À sua direita está Manú, O Senhor das formas viventes e à sua esquerda o Mahachohan, o Senhor da Civilização.
Sintam o Amor do Cristo Maitreya quando ele se prepara para invocar seu Grande Irmão, o Senhor Buda. Sintam-se unos com o grupo, plenos desse grande Amor. Deixem que o Amor do Cristo se derrame nos seus corações e nas suas almas. Percebam como todo o grupo planetário se funde, identificando-se com as energias do Cristo e da Hierarquia, enquanto se preparam para a Benção Anual do Senhor Buda.
Chega agora o momento Sagrado - mantenham total silêncio para que as energias possam ser absorvidas.
O Cristo então diz: “Tudo está pronto! Vem Mestre!”
Neste instante, vemos um ponto de Luz dourada no céu, ele vem se aproximando e se transforma no Senhor Buda. Uma grande emoção espiritual toma conta de todos. Sintam a presença de Buda transmitindo as energias ao Cristo e também à toda Hierarquia, abençoando o mundo.
O Cristo então pronuncia a Grande Invocação e nós nos juntamos a ele:

DO PONTO DE LUZ NA MENTE DE DEUS, FLUA LUZ ÀS MENTES HUMANAS, QUE A LUZ DESÇA SOBRE A TERRA.
DO PONTO DE AMOR NO CORAÇÃO DE DEUS, FLUA AMOR AOS CORAÇÕES HUMANOS, QUE O CRISTO VOLTE À TERRA.
DO CENTRO ONDE A VONTADE DE DEUS É CONHECIDA, GUIE O PROPÓSITO ÀS PEQUENAS VONTADES HUMANAS,
O PROPÓSITO QUE OS MESTRES CONHECEM E A QUE SERVEM.
DO CENTRO A QUE CHAMAMOS RAÇA HUMANA QUE SE REALIZE O PLANO DE AMOR E DE LUZ E SELE A PORTA ONDE RESIDE O MAL.
QUE A LUZ, O AMOR E O PODER RESTABELEÇAM O PLANO DIVINO NA TERRA.

Envolvidos pela imagem e pela energia do Buda, o grupo é preenchido com essa energia que é transmitida pelo Cristo Maitreya e por toda a Hierarquia.
Somos agora como um cálice transbordando, preparados para compartilhar esta energia. Somos neste momento servidores da Luz, consagrando o nosso pensamento para a elevação de toda a humanidade.
O grupo está imbuído dessa energia, numa atitude de benção ao mundo todo, imaginando este presente de energia oferecido pelo Senhor Buda se derramando através de nós e de toda a humanidade, especialmente para aqueles que mais necessitam.
Imaginamos agora toda a humanidade se iluminando sob a irradiação e recepção desta grande energia. Todos os seres humanos vão sendo envolvidos pela Luz da sabedoria e da iluminação emanada pelo Senhor da Luz.
Visualizemos agora as forças da iluminação derramando-se por todo o planeta, iluminando-o e elevando-o espiritualmente.
Visualizemos a Terra como uma grande esfera, sagrada e luminosa, como ela um dia há de se tornar.
Termina então a benção de Buda e quando ele desaparece, a multidão se põe de pé e Cristo Maitreya distribui a água abençoada contida no jarro de cristal.
Esta “Comunhão da Água” nos introduz na Era de Aquário, a do “Portador da Água”.
Finalmente, todos os assistentes deixam o vale do Himalaia e regressam silenciosamente aos seus lugares de serviço plenos das grandes bênçãos recebidas.
Voltamos então a nossa consciência para este lugar em que estamos no plano físico. Movimentamos os pés e as mãos. Sentimos o nosso corpo confortavelmente sentado sobre a cadeira e esta sobre o chão. Estamos conscientes de tudo o que vivemos e experienciamos, felizes e plenos de energia.
Estamos em estado de Graça e Paz!
Afirmo que, se as nossas mentes estiverem suficientemente abertas e os nossos corações suficientemente expectantes, esta cerimônia verdadeiramente é uma realidade que pode ser captada e compreendida.
Para que possamos reter essa energia conosco, possibilitarmos uma expansão da consciência mais intensa, e também podermos atuar como distribuidores das bênçãos de Buda, precisamos preservar uma quietude interior e a disponibilidade para compartilhar.
Todos nós somos importantes para prestar este serviço, pois é a totalidade das aspirações que atrai as bênçãos divinas. Todos podem fazer algo para terminar com o estado atual das coisas e introduzir um período de paz e de boa vontade no mundo.
Agora vocês podem abrir os olhos...

Namastê a todos...

Que a Luz e a Paz prevaleçam na Terra e que todos os seres sejam felizes!

Márian