sexta-feira, 28 de dezembro de 2012




2013 – INÍCIO DA CONSCIENTIZAÇÃO



Estamos vivendo a transição entre o final de um ciclo e o início de outro. A tão falada Nova Era está finalmente nascendo, a humanidade enfim está despertando para a Consciência da Unidade. 

Como vocês sabem nada acontece por acaso, tudo tem uma causa e um objetivo: a Evolução. 

A matéria é regida por ciclos para que a evolução aconteça de forma harmoniosa. Assim toda a criação passa por etapas como nascer, crescer, amadurecer e morrer, passando por transformações que dão início a novos ciclos de desenvolvimento espiritual. Todas as leis universais estão envolvidas entre si nesse processo para que tudo caminhe de acordo com o Plano Divino, entre elas a lei do Karma, que aliada aos ciclos, traz à manifestação as consequências geradas pelas ações criadas por nós, apresentando-as como provas necessárias para a evolução. 

Portanto, tudo caminha como deve ser, tudo isso é natural e as mudanças da Terra e da Humanidade virão inexoravelmente, mas nós podemos tornar esse processo mais suave dependendo das escolhas que fizermos. Por isso se estivermos atentos, de vigília, sendo sinceros e verdadeiros conosco e com o Universo seremos mais capazes de ultrapassar todas as provas que nos forem apresentadas. 

2013 será um ano muito especial onde teremos oportunidades únicas para concluir etapas que viemos adiando há tempos. Devido ao desconhecimento de nós mesmos causado pela ilusão da dualidade ficamos muito tempo adormecidos e cegos para a Luz. Este ano, portanto, poderá ser o ano da “revelação” do nosso verdadeiro EU se nos dispusermos a enfrentar as nossas questões internas com resolução e fé. 

Em 2013 estaremos mais envolvidos com as nossas pendencias Kármicas principalmente as familiares. A responsabilidade que precisamos ter sobre o que recebemos do cosmos será posta à prova. As questões domésticas estarão em evidencia nos mobilizando para que possamos exercitar virtudes divinas adormecidas e esquecidas como a humildade, a paciência, o respeito, a aceitação, o perdão e a compaixão. Teremos a nosso favor a nossa visão interna, que estará mais aguçada e capacitada para distinguir a verdade sobre nós mesmos e sobre os outros. Teremos mais oportunidades de nos enxergarmos, de descobrirmos a nossa verdadeira essência, o nosso dom e com isso poderemos servir com mais naturalidade e amor. 

No plano geral, apesar de continuarmos a ver cenas de injustiça e violência diariamente, poderemos perceber que cada vez mais os seres humanos entenderão que precisam cuidar do mundo à sua volta, que precisam respeitar e conviver com as diferenças sejam elas raciais, culturais ou sociais. O maior acesso ao conhecimento e à informação continuará a trazer uma nova visão de vida, do mundo e da liberdade de ser para as pessoas. Felizmente a humanidade estará cada vez mais consciente de que precisa ter uma vida mais saudável, ter uma alimentação mais equilibrada e fazer atividades físicas moderadas como a yoga e o taichi. Ela vem descobrindo que a prática da meditação é importante e básica, assim como o contato com a natureza é harmonizador e confortante se for feito com respeito. 

Ao contrario do que parece, não estamos querendo tampar o sol com a peneira, sabemos que existe muita desigualdade social, fome e violência no mundo, mas podemos enxergar o outro lado também e temos certeza de que a mudança tão falada e esperada irá acontecer para que o equilíbrio seja restabelecido. 

A Luz portanto está cada vez mais próxima, a Consciência da Unidade está sendo resgatada e dentro em breve a humanidade poderá se ver livre da ignorância e do medo e caminhar em paz, vivenciando com alegria a União Plena, O Amor Universal. 

Não podemos deixar de lembrar que mudanças geológicas e sociais também fazem parte do processo consciencial e evolutivo, portanto o centramento através da prática do silêncio nos fortalecerá nos momentos em que tivermos que tomar atitudes imprevistas. Continuaremos a ver coisas desagradáveis aos nossos olhos e dolorosas para o nosso coração, mas pedimos que não se apeguem emocionalmente aos acontecimentos em que vocês não estiverem envolvidos karmicamente. Mantenham-se serenos para ajudar quando solicitados. 

Importante, aconselhamos a procurarem sempre a Paz Interior através da Meditação e da oração, mantendo a mente e o coração sempre abertos, livres de julgamentos e expectativas. 

Um Feliz Ano Novo, que 2013 revele a Luz que existe dentro de cada um de vocês! 

Namastê, 

Márian