quarta-feira, 16 de julho de 2014



VERDADE


Jesus disse a frase "a Verdade vos libertará" há dois mil anos atrás,  revelando qual seria o resultado da nossa busca pelo entendimento, pela compreensão de quem realmente somos, e qual é a finalidade da existência humana.

E qual é essa Verdade afinal?

De fato, todos nós estamos aqui no planeta terra para vivenciarmos algo muito especial, a experiência magnífica da vida! A vida em toda a sua complexidade, o vivenciar dos sentimentos, das emoções, a geração de constante fricção entre polaridades para que daí surja a fagulha que irá reacender a chama inata do Amor em nós... são rodas e rodas de relacionamentos em uma dança infinita, jogos entre o ego e o Eu. 

E durante esses jogos, do fundo do nosso cerne surge uma pergunta inquietante que não nos deixa relaxar um só instante, que nos movimenta, nos impulsiona, mesmo durante os nossos sonhos... o que será que nos trouxe aqui, qual o propósito da vida, da nossa existência? 

A cada passo dado, a cada emoção vivenciada, essa questão vai se tornando ainda mais inquietante, nos colocando em meio a turbilhões de pensamentos, nos fazendo percorrer labirintos de sentimentos, que no final das contas nos colocarão cada vez mais próximos de nós mesmos. Sim, o nosso Eu é sábio e sabe bem que precisa percorrer vários caminhos até reencontrar-se.

Descobrimos então que só ouvindo o silêncio não seremos ludibriados pelos sentidos...somente em silêncio poderemos estar face a face com o nosso verdadeiro Eu e ouvirmos a sua voz, aquela que vem do coração e que pode nos revelar a resposta sublime tão desejada por nós...

A Verdade...

Mas, alguns dizem que a verdade é relativa. Bem, podemos dizer que até que transcendamos o mundo das formas e dos sentidos ela realmente é relativa, pois está limitada ao nível de entendimento de cada um, à capacidade que cada um tem de enxergar e de perceber, mas realmente a VERDADE é Única e Absoluta.

Então qual é a VERDADE?

Simplesmente que a causa e o objetivo de toda a existência é o Amor...

Que tudo o que existe, a natureza universal, todas as criaturas desta e de todas as outras dimensões são unicamente manifestações do Amor...

Tudo existe para que o Amor seja experimentado e vivificado... De fato, um plano magnífico do próprio Amor, Fonte Criadora da Totalidade, para se multiplicar e se expandir, potencializando ainda mais a sua força transformadora e libertária.

Todas as circunstâncias da vida nos levam a entender e a praticar o Amor, nada além disso. Mesmo eventos aparentemente negativos quando observados com profundidade nos induzem ao entendimento do que é o Amor e de como exercê-lo.

Tudo mais é ilusão... a maldade, o egoísmo, o sofrimento, tudo isso é manifestação do ego humano. São criações de mentes ainda destreinadas e deslumbradas pelo falso brilho do “mundo”. São enganos de mentes ainda imaturas e inexperientes, ainda apegadas ao prazer e a dor, a crenças, preconceitos e sentimentos de separatividade. São criações sombrias de mentes que não caminharam ainda pelo vale do silêncio onde se podem ouvir os sussurros do coração, vibrações que impulsionam a mergulhar no vazio e a despertar o Amor inato em si, fazendo com que as dúvidas sobre o verdadeiro Eu se desvaneçam ao fulgor da Luz...

É nessa viagem eterna que compreendemos que o AMOR, energia Sublime e Divina, é a UNIDADE em todos os parâmetros universais, é a própria Luz... é Entendimento, Aceitação, Compaixão, Tolerância, Alegria, Serviço e Gratidão...

Porém é preciso se conscientizar que a Verdade apenas se manifestará para nós quando pararmos de relutar egoisticamente e nos rendermos ao Amor incondicional, pois, viemos do Amor para vivenciá-lo e irradiá-lo sem medidas, questionamentos ou julgamentos porque Somos todos Um... 

E essa é a VERDADE que liberta...

Absoluta, Eterna, Imutável e Completa em Si mesma...

Márian