quarta-feira, 30 de setembro de 2015



SILÊNCIO

No silêncio nos lembramos de quem somos...
na simplicidade de ser mergulhamos na complexidade do UM...
e experimentamos o êxtase infinito na união consciente ao Divino...
Neste instante, no agora, não importam teorias, nomes ou formas...
Apenas SER......
somos embalados pela música das esferas, pela voz do coração...
que emana apenas Pureza, Verdade, Luz...
Unidade...
Amor, sempre Amor...